Dia Nacional do Imigrante Italiano

O Centro di Cultura Italiana MadrelinguA e Mediterrâneo Buffet comemoram em Natal, na próxima sexta-feira (21), o Dia Nacional do Imigrante Italiano no Brasil, instituído pela Lei N° 11.687 de junho de 2008. Sua importância simbólica reside no fato de que determina uma referência, a partir da qual o resgate histórico de um processo como o da imigração italiana passa a ser mais valorizado. Com essa data, o Brasil reconhece uma dívida histórica para com os imigrantes italianos e a sua importância na formação da nação.

 
Apesar dos imigrantes italianos terem se concentrado mais no Sul e Sudeste, também o Nordeste, incluindo o Rio Grande do Norte, foi destino escolhido por eles. Sua influência está registrada aqui desde a época das Capitanias Hereditárias, passando pela presença dos missionários Capuxinhos e pelas famílias cujos descendentes permanecem ainda hoje morando em terras potiguares, como os Cicco, os Nesi, os Farachi, os Simonetti, os Pintolli, entre outras. Falar da presença italiana em Natal é também falar do arquiteto Giacomo Palumbo, responsável pela elaboração do Plano Geral de Sistematização da cidade em 1929.
 
Outro importante marco da presença italiana em Natal é a Coluna Capitolina, presente da Itália ao povo do Rio Grande do Norte, em agradecimento pela boa acolhida oferecida aos aviadores daquele país, Carlo Del Prete e Arturo Ferrarin. No dia 5 de julho de 1928, estes pilotos alcançaram a costa potiguar, provenientes de Roma, após um voo de mais de 49 horas, sem escalas, perfazendo uma distância de mais de sete mil quilômetros. Hoje, a coluna está exposta na praça ao lado do Instituto Histórico e Geográfico do RN, no centro da cidade.
 
A culinária italiana no Brasil
O objetivo do evento é celebrar a culinária italiana no Brasil: polenta, macarrão, pizza, lasanha são só alguns pratos que desde o começo da imigração contribuíram na formação do paladar de milhões de brasileiros. Outro aspecto fundamental dessa contribuição é o estilo de comer e socializar, reconhecido mundialmente como patrimônio gastronômico (UNESCO), que traz gosto e qualidade de vida à mesa.
 
Há 15 anos os natalenses podem conhecer essa cultura gastronômica através dos eventos promovidos pelo Centro di Cultura Italiana MadrelinguA, na pessoa de seu diretor Michele Maisto (veja È ora di pasta! – Festa do Macarrão (25 de outubro – Dia Mundial do Macarrão; Dia Internacional das Cozinhas Italianas – 17 de janeiro; Gastronomia italiana – Mil receitas, um estilo de comer - palestra livraria Siciliano, 2011; Identidade – As raízes são os outros: o caso do macarrão -palestra livraria Siciliano, 2011 e Festival Gastronômico de Pipa; Os pratos da tradição –Aula-jantar; Massas e Molhos: oficina de cozinha italiana  - UNICRED 2013) e dos produtos comercializados, desde 2006, por nossa empresa artesanal Mediterrâneo Buffet.
 
Os pratos que serão apresentados no evento (Gattò- torta salgada de batatas com salame e mozzarella; Parmigiana di melanzane – camadas de berinjela, molho de tomate e mozzarella; Polpette – almôndegas de carne em molho de tomate) fazem parte dessa tradição alimentar que conseguiu transformar suas matérias primas nos pratos saborosos e saudáveis da Dieta Mediterrânea.
 
Data: 21 de fevereiro
Horário: Das 17h às 20h
Local: Centro di Cultura Italiana MadrelinguA – Rua Souza Machado, 1034 (Tirol)
Informações: 4141-6437 / 9991-0876 –
Entrada: R$ 10,00 (Degustação e uma taça de vinho)
 

Outros Artigos

> leia mais

Comentários

Deixe seu comentário