Agricultura: O (novo) Jardim do Éden

Fotos: Divulgação/Google

Terreno livre de bairro, jardim de casa, jardim de condomínio, terraço de apartamento,telhado. Em cada um desses espaços ela se manifesta, mesmo que representada somente pela dimensão idealizada do jardim. Nossa chegada na cidade não conseguiu apagá-la totalmente. É a nossa capacidade milenar de condicionar a terra para aproveitar melhor seus frutos: a agricultura. O anseio de ter o controle total sobre a natureza, para que as civilizaçõs agricolas do Oriente Médio e da Pérsiativessem sempre de que se alimentar, produziu nelasa idealização desselugar: o Jardim do Éden, o Jardim das Delícias ou o Paraíso Terrestre.


Preços em alta, medo de contaminações, conscientização sobre o processo de produção estão redefinindo o papel desses pequenos espaços urbanos. Cada vez mais moradores urbanos estão resgatando a dimensão prática da terra: de consumidores passivos a produtores das próprias hortaliças. Mesmo com uma falta de espaço bem maior, nas cidades da Europa e dos Estados Unidos essa nova atividade está dando ótimos resultados. No ano passado, a família jamaicana dos Wilks conseguiu ganhar 3000 dólares com a venda de seus produtos na feira do bairro popular de Brooklyn, em Nova Iorque. Em outros bairros, como em Manhattan, a horta em terraços e telhados são os produtores de cinema, os designers e os arquitetos que a querem, por razões estéticas ou porque é chique.

Na cidade de Natal, como em outras no Brasil, vêm se concretizando projetos de horta comunitária As Hortas Comunitárias começaram no bairro Cidade da Esperança, para complementar a renda de ex-catadores de lixo. Hoje já são 14 hortas apenas em Natal, das quais cinco são destinadas à geração de renda e o restante para uso pedagógico em escolas, creches ou instituições sociais para jovens de baixa renda. A Emater disponibiliza as sementes, ferramentas, assistência técnica e capacitação dos agricultores. As famílias entram com a mão de obra.

    
Seja qual for a razão, o tamanho e o lugar, nossa horta pode nos dar frutos mais acessíveis, mais baratos e mais saborosos. Quase um novo jardim encantado.

Outros Artigos

Pizza: um patrimônio de todos

Direitos autorais sobre a tradição

Pizza? Assino embaixo!

Tra(d)ição à mesa

Na tentativa de limitar este fenômeno, a Academia Italiana de Cozinha coletou 2000 receitas da tradição culinária e lançou a obra...nos Estados Unidos! De fato, não é para ficar maravilhados: dos mais de 70 mil restaurantes que se denominam italianos espalhados no mundo inteiro, 15 mil ficam entre o Canadá e os Estados Unidos. À base do livro está uma pesquisa da Academia (80 deleg...

> leia mais

Comentários

  • Deguste
    Zenaide Castro disse:

    Estou tendo a deliciosa experiência de cultivar uma horta no meu apartamento. Já plantei rúcula, cebolinha, manjericão, hortelã, menta, tomate carolina e algumas flores, que por sinal estão lindas nesta primavera. Eu recomendo essa prática que além de saudável, é super prazerosa.

    Responder

Deixe seu comentário