Campeonato de Barista

Fotos: Cedida Paulo Guillén (esquerda) atuando como jurado na competição nacional
Paulo Guillén (esquerda) atuando como jurado na competição nacional

O barista Paulo Guillén, da cafeteria natalense Genot Cafés Especiais, participou mais uma vez do Campeonato Brasileiro de Barista, atuando como jurado. O evento foi realizado nesta semana, de 12 a 14 de março, em São Paulo.

Paulo Guillén havia embarcado para São Paulo no fim de semana passado e chegou a participar de um Workshop Preparatório para Juiz. Ao final, ele foi escolhido como um dos jurados e escalado para atuar em uma das finais do Campeonato de Barista.

O barista foi um dos quatro juízes sensoriais ao lado de Michael Mc. Caurley (EUA), Antônio Villa Lobos (Chile) e Isabela Raposeiras (Brasil). Na final que ele participou, também atuaram o mexicano José Cleofas, como juiz principal, e os brasileiros Danilo Lordi e Katia Nassuno A. Alves, como júri técnico.
 
O vencedor da final foi Rafael Godoy, (Suplicy-SP), seguido de Graciele Rodrigues, de (Lucca-PR) e Thiago Sabino (Italian Coffee-SP). Este é o segundo ano que o barista Paulo Guillén participa do Campeonato Brasileiro de Barista como jurado.
 
A competição é hoje o principal foco das atenções nas feiras mundiais de cafés especiais. Nesta competição, o barista tem 15 minutos para preparar e servir aos juízes: quatro espressos, quatro capuccinos e quatro drinques de assinatura. Nenhum ingrediente que contenha álcool é permitido.

Outros Artigos

> leia mais

Comentários

Deixe seu comentário