O ALIMENTO DA ALMA: a comida unindo a família

O filme resgata a tradição familiar do jantar de domingo. As cenas se desenvolvem em volta da mesa. Neste o local, reúnem-se a avó Mama, irmãs, neto, filhos e cunhado para degustar as refeições e partilhar os assuntos cotidianos. Uma tradição que já dura 40 anos, os encontros dominicais contribuem para fortalecer o vínculo e diálogo familiar.
 
Todavia, há uma fase que o núcleo familiar se distancia em virtude dos conflitos entre os membros da família. E a Mama Joe, devido ao estado de saúde fragilizado, fica impossibilitada de preparar as refeições de domingo. E é nesse ponto que o neto Ahmad, muito querido de sua avó, assume as receitas na cozinha na tentativa de reaproximar a família pela barriga, buscando ensinar-lhe o significado de alimento da alma.
 
Nessa linha, observa-se que se trata de um filme muito bem dirigido que usa a comida como instrumento transformador. Além disso, o recorte racial também é um fator em destaque, pois o filme apresenta uma família negra como protagonista do longa, porém sem ser estereotipada. Fato pouco comum dos filmes hollywoodianos.
 
Data de lançamento: 1997 (1h54m)
Direção: George Tillman Jr.
Elenco: Vanessa Williams, Vivica A. Fox, NiaLongmais
Gênero: Comédia dramática
Nacionalidade: EUA
 

Outros Artigos

> leia mais

Comentários

Deixe seu comentário