Saberes do Vinho

Sobre os Taninos do Vinho


Quando o assunto é tanino, sempre estamos nos referindo aos vinhos tintos. Isso porque os vinhos brancos, via de regra, não são fermentados com as cascas, parte da uva onde se concentra a maior e mais valiosa parte dos taninos usados nos vinhos, nem são maturados em barricas de carvalho (salvo raras exceções), em que poderiam incorporar os galataninos, ou taninos gálicos, da madeira. 
 
Nos vinhos tintos, os taninos funcionam como conservantes naturais, aportando estrutura ao vinho, e lhes ampliando a longevidade. Eles são os responsáveis pela adstringência comuns nos vinhos tintos jovens. Não respondem pelo sabor do vinho, todavia pela textura da bebida, que pode ser potente e polido (aveludado), quando de qualidade, maduros, e áspero ou rascante nos vinhos jovens (quando verdes), ou amargo mesmo, quando de baixa qualidade, gerando desequilíbrio ao vinho. 
 
As fontes usuais de tanino para os vinhos são: as cascas ou pele das uvas (taninos endógenos), de onde vem os melhores e mais finos componentes fenólicos da bebida, a depender da qualidade e maturação das uvas; A madeira das barricas de carvalho (taninos exógenos), contido nas fibras vegetais, e que passam aos vinhos aromas e sabores de caramelo, baunilha e especiarias, além de uma textura sedosa, com intensidade consoante a nacionalidade do carvalho, a intensidade da tosta, e ao tempo de uso das barricas.
 
No entanto, há ainda os taninos dos engaços (parte lenhosa do cacho), não recomendáveis para o vinho, por transmitirem um certo amargor e sabor herbáceo. E há ainda os taninos das sementes das uvas, não usuais por conterem óleos amargos indesejáveis no vinho. 
 
No entanto, mais importante do que a quantidade é a qualidade dos taninos e a reatividade destes com as proteínas da saliva. Além disso, a sua combinação com os outros elementos do vinho como álcool, ácidos e açúcares, são a perfeita sinergia destes elementos, que definem o equilíbrio do vinho. 
 
Vinhos ricos em taninos (de qualidade) funcionam como limpadores do paladar para pratos suculentos, gordurosos e substanciosos. Os termos usuais na linguagem do vinho como: adstringente, rascante, agressivo, áspero, austero, aveludado, chato, duro, gorduroso, macio, nervoso, pastoso, redondo, sápido e tânico, têm relação direta com os efeitos dos taninos, ou com estes em reação com a acidez. 
 

A Função do Vinho à Mesa

Os Vinhos e as Cores do Verão

Fotos: Divulgação

O Factível e o perceptível nas harmonizações

A Difícil Tarefa do Vinho

Um retorno em grande estilo ao Castelo Banfi Montalcino - Siena - Itália

Pasta & Vino

O Clássico nas Harmonizações

Uma Reflexão Sobre Beber, apreciar e degustar

Compreendendo os vinhos de sobremesa

A Função da Acidez na Harmonização

Desafetos do Vinho

Beber, Apreciar e Degustar: qual a diferença?

A Versatilidade dos Vinhos Rosados

Almoço no Castelo Banfi, em Montalcino

O mundo gourmet: uma definição pessoal

Desafetos do Vinho

Verdades Inexoráveis Sobre Harmonização III

Verdades inexoráveis sobre a Harmonização Vinho e Comida II

Verdades Inexoráveis Sobre o Vinho e Comida

A Descoberta do Gosto

Os Vinhos da Páscoa

Como escolher um vinho no restaurante

Descubra o Seu Gosto

Os Pratos e Vinhos do Verão

Massas & Vinhos

Enogastronomia no VINEUM, em Tain L'Ermitage

Menu de Pratos e Vinhos na Casa Valduga

Em Busca da Harmonização Perfeita

Noite Inesquecível à Mesa do Rui Paula

'O Clássico Como Ponto de Partida'

A Versatilidade Gastronômica dos Vinhos Espumantes

Os Vinhos segundo a Harmonização

Vinhos Para Pastas e Risottos

Os Vinhos de Verão

Osadía de Crear Restô & Wine

Vinho para que te quero

Jantando no Du Vin Bistrô, na Suíça Pernambucana

Varadero Bar & Restô: Muito mais que comer e beber

Restaurante Le Soleil: um brinde à vida

A Tradicional Comida Cuiabana do Lelis

A Experiência Mahalo

A Quebra dos Paradigmas na Enogastronomia

Harmonizações Clássicas

Profissão Sommelier

O Real Desfrute do Vinho

Restaurante DOC

O Vinho no Restaurante

Enogastronomia na Patagônia

Truques da Harmonização

O vinho como complemento alimentar

Como Fazer um "Queijos & Vinhos" a Contento

Restaurante Rara Avis em Montevidéu