Manary faz pré-lançamento do seu cardápio de ostras nesta sexta-feira (17)

Fotos: Divulgação e Rogério Vital (Deguste)
Chef Jaime Barcelos, dono do restaurante Ostradamus, em Florianópolis, vai mostrar aos clientes do Manary um pouco do que virá em breve no exclusivo cardápio de ostras do Manary
 
O charmoso restaurante Manary Gastronomia & Arte, em Ponta Negra, realiza na próxima sexta-feira (17) o pré-lançamento de um cardápio de ostras que será criado em breve para a casa pelo chef Jaime Barcelos, proprietário do Ostradamus, uma das maiores referências em ostras do Brasil.
 
Jaime vai comandar um jantar harmonizado de aproximadamente duas horas de duração que ele espera que seja uma "experiência gastronômica" para o público natalense. Segundo o chef, esse trabalho que se inicia no Manary tem como proposta fomentar a cultura da ostra na cidade.
 
 
O estabelecimento receberá no evento um grupo de 50 convidados formado pelos clientes mais habitués do restaurante. De acordo com Neiva Pafetti, gerente operacional do Manary, a ideia é colher opiniões do comensal para ajustar o cardápio exclusivo de pratos com ostras.
 
O belíssimo Manary receberá o jantar harmonizado sob comando do chef Jaime Barcelos
 
O participante do jantar poderá fazer um grande passeio pelo mundo das ostras. Jaime vai servi-las de oito maneiras - in natura, gratinada, com vinagrete de vieiras, maçã e lambretas, e com endívia, por exemplo - e também com outros ingredientes, como filé mignon. As ostras serão um mix das que há nas regiões Nordeste e Sul. O Manary encomendou cerca de 50 dúzias do molusco para o evento.
 
 
Espumantes e vinhos como Chandon Brut Rosé, Chandon Brut Branco, Ramirana Chardonnay, Terrazas Sauvignon Blanc e Terrazas Syrah acompanharão os pratos do jantar.
 
Jaime e o Ostradamus
 
A história de Jaime Barcelos com a gastronomia está completamente entrelaçada com ostras, que ele conheceu em meados da década de 1990. Até então mecânico na região do Ribeirão da Ilha, ao sul de Florianópolis, Jaime transformou sua oficina em uma pequena lanchonete e depois, a convite de um amigo que cultivava ostras, começou a vender o molusco.
 
 
Em 1998 surgiu o Ostradamus, restaurante que ele criou a partir da lanchonete em uma bela região, às margens do mar. Além das ostras, o estabelecimento aumentou o seu cardápio ao longo dos anos e passou a servir também outros pratos.
 
 
Dessa época em diante, o interesse de Jaime pelas ostras e pela gastronomia só cresceu. Nas ostras especificamente, ele ficou um grande expert - tanto no preparo como no cultivo. Atualmente, o chef possui enormes cativeiros que atendem a demanda do Ostradamus e de restaurantes de São Paulo, Rio de Janeiro e do Sul do país.
 
Produção de ostras do Ostradamus serve cidades como São Paulo e Rio de Janeiroo
 
Para se ter ideia da dimensão da produção, o Ostradamus comercializou em janeiro deste ano cerca de 20.000 dúzias de ostras. O estabelecimento emprega 40 pessoas, seis apenas para o cultivo e beneficiamento das ostras.
 
 
A estrutura do Ostradamus é de tirar o fôlego: comporta 150 pessoas e possui um pier e uma adega subterrânea com 3.500 garrafas (250 rótulos). E a qualidade das ostras impressiona com um dado: há dez anos o restaurante não tem reclamações de algum cliente que passou mal por conta do consumo de suas ostras.
 
Manary Gastronomia & Arte
Rua Francisco Gurgel, 9067
Ponta Negra - Natal/RN
Fone: (84) 3204-2900
www.manary.com.br

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <