Restaurante Yuru tem noite de menu degustação com chef Joca Pontes

Fotos: Rogério Vital / Deguste
Camarões grelhados sobre musseline de macaxeira, vinagrete de caju com hortelã e palha de batata doca
 
Um Presunto artesanal com aioli Dijon acompanhado de pickles de cebola roxa e pão de queijo coalho abriu o jantar do restaurante Yuru, que contou com a presença do chef pernambucano e consultor da casa, Joca Pontes. O prato foi harmonizado com uma taça do espumante argentino Nocturno Brut Rosé.
 
Rodrigo Terrocci, gerente do Golden Tulip Ponta Negra, o chef Joca Pontes e Rômulo Macedo, gerente de A&B do hotel
 
Para o jantar, realizado na última sexta-feira, dia 28, Joca Pontes serviu um menu degustação em seis etapas, em que viajou pelos sabores do mar e da terra, mostrando uma cozinha de autor com bastante versatilidade. O resultado foi uma noite bastante agradável para um público que soube apreciar e valorizar o trabalho do chef.
 
Porquinho do Oriente (filé de porco marinado no missô e grelhado, servido com “poeira” de bacon, purê de batatas, rúcula ao limão galego e molho laquê)
 
Ainda nas entradas, o segundo passo do jantar foi um Arancini cremoso de pescado com mix de queijos e molho agridoce de acerola, harmonizado com uma taça do vinho branco chileno Brisa Chardonnay. 
 
Senador Álvaro Dias e os deputados federais Antônio Jácome e Renata Abreu participaram do jantar com menu degustação
 
O primeiro prato da noite foi servido com Camarões grelhados sobre musseline de macaxeira, vinagrete de caju com hortelã e palha de batata doce. Delícia! O vinagrete de caju deu um toque agridoce, a musseline estava muito gostosa e o ponto de cocção dos camarões estava perfeito. O prato cresceu em boca quando foi harmonizado com uma taça do vinho branco português Terra de Lobos, da região do Tejo.
 
Filé do Riva (medalhão de filé mignon grelhado na manteiga de garrafa, arroz de queijo coalho com ervas e castanhas, vinagrete de cenoura com mel de engenho levemente picante e crocante de feijão verde)
 
Os sabores da terra começaram a ser servidos com o Porquinho do Oriente, que na verdade era um filé de porco marinado no missô e grelhado, servido com “poeira” de bacon, purê de batatas, rúcula ao limão galego e molho laquê. Muito bom! Como o prato era leve, a escolha foi uma taça do vinho tinto chileno Leyda Reserva Pinot Noir. Equilíbrio total em boca. Perfeito!
 
Vinhos que harmonizaram com os pratos do jantar
 
Na sequência, foi servido o Filé do Riva, um medalhão de filé mignon grelhado na manteiga de garrafa, arroz de queijo coalho com ervas e castanhas, vinagrete de cenoura com mel de engenho levemente picante e crocante de feijão verde. O vinho escolhido foi outro chileno, o Pionero Cabernet Sauvignon, da vinícola Morandé.
 
Arancini cremoso de pescado com mix de queijos e molho agridoce de acerola
 
Uma tapioca Norteña encerrou muito bem o jantar, que foi bastante elogiado pelos clientes do restaurante. A tapioca foi servida em palitos crocantes passados no açúcar com canela, ganache de chocolate, sorvete de doce de leite e Ovomaltine. Para harmonizar, a escolha foi pelo vinho do Porto tinto Van Zellers Ruby.
 
Presunto artesanal com aioli Dijon acompanhado de pickles de cebola roxa e pão de queijo coalho 
 
Rômulo Mendes, gerente de A&B do Hotel Golden Tulip Ponta Negra (onde fica o restaurante Yuru) avisa que Joca Pontes deverá fazer outros jantares com menu degustação. “Isso faz parte da nossa estratégia para aproximar, cada vez mais, o natalense do nosso restaurante, pois a receptividade tem sido muito boa”.
 
Tapioca Norteña (palitos crocantes passados no açúcar com canela, ganache de chocolate, sorvete de doce de leite e Ovomaltine)
 
 
 
Restaurante Yuru
Avenida Engenheiro Roberto Freire, 4382
No 1º andar do Golden Tulip Ponta Negra
Ponta Negra – Natal/RN
Fone: (84) 3646-0100
Instagram: @yurupontanegra

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <