Jabá Restaurante traz cozinha sertaneja com toque da alta gastronomia

Fotos: Rogério Vital / Deguste
Iguarias que fazem parte do dia a dia do nordestino e do sertanejo com um toque especial de alta gastronomia, integram o cardápio do Jabá, restaurante inaugurado no início de abril, em Ponta Negra. Isso tudo em um ambiente com decoração típica e aconchegante, fazendo do espaço um lugar que valoriza a cultura nordestina ao acolher os turistas e também o morador local.
 
A empresária Lorena Oyara, dona do Jabá, e o chef consultor Jonatã Canela
 
O Jabá é uma aposta de Lorena Oyara, que está finalizando a Graduação em Engenharia Ambiental. Ela conduz, na verdade, um projeto familiar sugerido pelo pai. A ideia inicial era de um bar, porém acabou se transformando em um restaurante, após conversas com o consultor gastronômico contratado, o chef Jonatã Canela.
 
Ginga com nuvem de tapioca frita  Filé em crosta de alho, purê de mandioquinha e ratatouille potiguar
 
Experiente na elaboração de pratos com pegada nordestina e aplicação de técnicas avançadas de cozinha, Jonatã Canela entendeu que ali podia nascer um restaurante com cozinha regional diferenciada. E assim o fez, quando concebeu o cardápio, que possui cinco entradas, nove pratos principais e três sobremesas.
 
Restaurante tem três salões que comportam até 80 pessoas
 
O famoso jabá, que dá nome a casa, é o destaque de três pratos principais e uma entrada. Jonatã Canela trabalhou o clássico e o contemporâneo, como, por exemplo, no Lampião (jabá servido com molho de rapadura, gel de tangerina e baião de dois) e no Chapéu de Couro (jabá cozido em baixa temperatura no vácuo e finalizado na grelha, banhado por molho de tutano e acompanhado de angu, cenoura orgânica glaciada e cogumelos tostados com ervilhas), respectivamente.
 
Jabá, mil folhas de macaxeira e mayo de tabasco
 
As opções também vão ao mar: há prato principal com peixe e também tem risoto de camarão. Lorena Oyara destaca que o restaurante sempre oferece peixe fresco. Uma releitura da tradicional ginga com tapioca – a entrada A Compadecida – chama atenção. Leva ginga com sal rosa, nuvem de tapioca frita e maionese defumada. Entre as sobremesas, vale menção para a Maria da Glória, mousse de tonka, jabuticaba, filhós e sorvete de manjericão produzido sob encomenda pela Originale. Há ainda Maria Augusta, uma base de café, mousse de chocolate, paçoca e laranja desidratada.
 
Mousse de tonka, jabuticaba, filhós e sorvete de manjericão
 
Para beber, o cardápio dispõe de drinks variados e uma carta de vinhos com cerca de 15 rótulos de Brasil, Argentina, Chile e Portugal, assinada pelo Magazzino Vinhos & Cozinha.
 
   
 
Projetado pela arquiteta Socorro Rego, os três salões (um climatizado) do restaurante ficaram muito bonitos, todos afinados com a temática e com elementos regionais. A casa comporta até 80 pessoas.
 
Jabá fica em Ponta Negra e destaca cozinha e elementos nordestinos
 
O funcionamento é de terça-feira a domingo, das 18h às 23h. Aos sábados, abre para eventos durante o dia e, aos domingos, também para almoço, das 11h30 às 15h, com opções extras no cardápio – caldeirada de frutos do mar e feijoada, por exemplo.
 
Jabá Restaurante
Rua Francisco Gurgel, 08A
Ponta Negra - Natal/RN
Fone: (84) 99601-4500
Instagram: @jabarestaurante
Facebook: /jabarestaurante

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <