Queijeira 504 tem mais de 75 anos de tradição em produção artesanal

Fotos: Divulgação
A empresa recebeu prêmios nacionais nos últimos anos
 
Desde 1943, a rotina de uma família seridoense gira em torno da produção artesanal de queijos. A prática começou naquele ano com Antônio Morais, o Seu Pretinho, que fundou a Queijeira 504, e perdura até hoje com os netos, Verlândia, Rayssa e Carlos de Medeiros Morais. Os pais deles, Geraldo e Glória Morais, também ajudam no dia a dia da fazenda.
 
Verlândia, Rayssa e Carlos Magno de Medeiros Morais com os pais Geraldo Paulino e Maria da Glória de Medeiros Morais
 
Da terceira geração que comanda a empresa, Verlândia assumiu o posto em 2015 e tem feito um trabalho que rendeu reconhecimento nacional à Queijeira 504. Em 2017, a produtora ganhou duas medalhas de bronze no 3º Prêmio Queijo Brasil. No ano seguinte, três medalhas de bronze e uma de prata no 4° Prêmio Queijo Brasil, com o resgate da receita original do queijo de manteiga e coalho, os principais da marca.
 
 
A produção da Queijeira 504 é oriunda da fazenda Santana, propriedade fincada na divisa dos munícipios de Serra Negra do Norte, no Rio Grande do Norte, e São José de Espinharas, na Paraíba.
 
Queijos são produzidos artesanalmente no interior potiguar
 
De acordo com Verlândia Morais, a Queijeira 504 fabrica entre 100kg e 250kg de queijo por dia, a depender da estação. O leite que serve de matéria-prima para os queijos são extraídos de gado criado na própria fazenda, cujo acompanhamento fitossanitário é feito pelo médico veterinário Carlos Magno. Porém, as receitas de Seu Antônio são preservadas.
 
504 vem ganhando reconhecimento no mercado nacional
 
Em 2017, a Queijeira 504 inaugurou uma loja na CECAFES – Central da Comercialização da Agricultura Familiar, em Natal, na qual atende o consumidor final com produtos para pronta-entrega.
 
 
No mix da produtora há, além do queijo coalho e o queijo de manteiga, coalho frescal, queijos temperados, queijos curados, doce de leite, manteiga de garrafa e manteigas especiais, como manteiga de garrafa defumada com cumaru – produzida em parceria com o chef Nito Avelar, do Sebrae, e manteiga com flor de sal.
 
 
A Queijeira 504 já conquistou clientes importantes no mercado gastronômico natalense, como A Cozinharia, Rapadura Hambúrguer Brasileiro, Casa de Taipa, Zeh Cozinha, Dolce Vita, Camarão do Tuca, Chocolateria Sandra Maia e Chapelatto Café e, fora do Rio Grande do Norte, possui clientes em nove estados do país com venda pela internet.
 
Marca chega a produzir até 250 kg de queijo por dia
 
Para este ano, a Queijeira 504 promete novidades, dentre elas uma loja com espaço maior na CECAFES e uma parceria com produtores de queijos renomados no Brasil, além de cachaças, cafés especiais e cervejas artesanais.
 
Queijeira 504 tem rebanho próprio para a produção dos queijos
 
Os boxes da queijeira na CECAFES abrem de segunda a sexta-feira, das 7h às 14h30, e aos sábados, das 7h às 13h.
 
Queijeira 504
Av. Capitão Mor Gouveia (cruzamento com Jaguarari)
Boxes 11 e 12
Fone: (84) 99936-0528
Instagram: @queijeira504

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <