O turismo na Serra de São Bento

Publicado por Lucas Alencar em 10 de jul de 2019

Compartilhe:

Distante cerca de 130 km de Natal, o município de Serra de São Bento, no Agreste Potiguar, vem se consolidando, nos últimos anos, como um destino turístico de potencial no Rio Grande do Norte.

A cidade, que tem por volta de 6.000 habitantes, consegue atrair visitantes durante todo o ano, em especial de junho a agosto, no inverno, quando as temperaturas baixam consideravelmente por conta da sua localização: Serra de São Bento fica a 400 metros de altitude e chega a registrar 12º C na época mais fria.

 

É dentro desse período – a primeira semana de agosto – que acontece uma das principais atrações da cidade, o Festival de Inverno da Serra de São Bento. Em 2019, na 9ª edição do evento, a programação está marcada para os dias 02, 03 e 04 de agosto.

O festival é organizado pela Prefeitura Municipal de Serra de São Bento e contempla atividades culturais e artísticas, shows musicais, artesanato e gastronomia.

Paróquia de São Bento Abade

Foi esse evento que abriu as portas da cidade para o turismo, que atualmente é a principal atividade econômica do lugar. Estima-se que, em média, 30.000 pessoas sobem a serra, anualmente, para participar do festival.

O turismo gera aproximadamente 300 empregos diretos e cerca de 1.000 empregos indiretos para Serra de São Bento.

“Vemos que hoje o turismo é real, que muitas pessoas vivem dessa atividade”, afirma Wanessa Gomes de Morais, prefeita de Serra de São Bento. “O turismo é o caminho para o desenvolvimento”, acrescenta.

Além do festival, com intuito de fomentar o turismo, a prefeitura está mobilizando esforços para construir um centro turístico na cidade e calçar diversas ruas. Os recursos, provenientes de orçamento federal, através do Ministério do Desenvolvimento Regional, estão garantidos, de acordo com Wanessa de Morais.

A atividade turística trouxe investimentos hoteleiros – há pelo menos dez pousadas em Serra de São Bento nos dias atuais – e provocou alta no setor imobiliário e de construção. Em uma rápida olhada pela cidade, é comum ver placas de venda de imóveis e canteiros de obras em vários deles, o que aumenta as receitas municipais.

No período do Festival de Inverno, a prefeitura intermedia o aluguel de imóveis para temporada entre os proprietários e os interessados. O canal para contato é o telefone (84) 3289-0128.

Outros eventos que movimentam Serra de São Bento são o Arraiá do Povão, o aniversário (31 de dezembro) da cidade e uma etapa da competição esportiva Desafio das Serras (no final de março).

Ações impulsionam turismo local

Serra de São Bento vive um momento especial no turismo. Na avaliação de Diel Figueiredo, secretário municipal de Turismo, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, a criação do Festival de Inverno de Serra de São Bento foi a primeira ação para o desenvolvimento turístico da cidade.

A minúscula capela de São José virou ponto de atração turística

Naquele período, o município recebia em torno de 15 mil turistas anuais; o número mais recente aponta 100 mil pessoas. “Já somos o 10º destino do Rio Grande do Norte mais visitado e referência como destino serrano”, comemora Diel.

Para manter o crescimento turístico do município, a secretaria criou o Conselho Municipal de Turismo e está promovendo outras ações, como a organização do novo inventário turístico da cidade e um pedido de reclassificação do município junto ao Ministério do Turismo para aumento de investimentos.

Serra florida

Quem vai até Serra de São Bento não passa despercebido com uma outra beleza da cidade: as flores. Centenas de pés de bouganville vermelhos e rosas recepcionam o visitante desde a entrada da serra, na rodovia RN-269. “O turista já chega encantado com a cidade”, conta a empresária Marluce Bezerra, que começou em 2012 a florir a serra.

A empresária Marluce Bezzera começou o projeto de florir a serra em 2012

Por conta própria, Marluce foi plantando as bouganvilles em sua casa e passou a distribuir para a população. Sua ideia é florir todos os canteiros da estrada, de ponta a ponta, que compreende o município de Serra de São Bento.

A prefeitura abraçou o projeto e fica responsável pelo plantio e a manutenção das mudas, que a empresária doa. Já são mais de 7.000 bouganvilles plantadas, que dão um colorido todo especial à serra.

Pedra do Eco

Quando a estrada estiver completamente florida, o projeto pretende levar as bouganvilles para outras vias de Serra de São Bento.

Ecoturismo e tranquilidade

Com muito verde e paisagens deslumbrantes, Serra de São Bento é um destino e tanto para quem procura por dias de tranquilidade e descanso. Mas não só isso. Adeptos do ecoturismo têm à disposição trilhas ecológicas para serem feitas a pé, motorizado ou até a cavalo.

Pedra do Cruzeiro

Belas formações rochosas são atrações na cidade, como a Pedra do Sapo, a Pedra da Troxa e a Pedra do Cruzeiro. Também vale visitar a Paróquia de São Bento Abade e a Capela de São José, uma construção em estilo medieval.

Pedra da Mata

Ao redor de Serra de São Bento, não faltam opções para contato direto com a natureza e a prática de esportes de aventura. A menos de 15 quilômetros de distância, em Araruna, na Paraíba, fica o famoso Parque Estadual Pedra da Boca. Os vizinhos potiguares de Serra de São Bento são as cidades de Passa e Fica e Monte das Gameleiras, ambas com as mesmas características serranas.