Buenos Aires: um pequeno giro pela capital argentina

Publicado por Lucas Alencar em 10 de nov de 2015

Compartilhe:

Por Benício Siqueira

 

Conheça a loja de chás Tealosophy, da famosa Inés Berton

Com três endereços na capital da Argentina, entrar no mundo de Inés Berton, uma das maiores especialistas em chás do mundo, é algo surpreendente, a começar pela quantidade de blends (misturas) que ela disponibiliza para seus clientes, com mais de 300 opções.

Loja Tealosophy é um portal para o interessante mundo do chá

Para fazer esta matéria, eu escolhi a loja de Palermo, que fica dentro da charmosa Paul French Gallery, uma viela onde encontramos também uma floricultura e a loja que tem o nome da Galeria, com móveis e artigos para casa. Foram duas horas de puro encantamento diante dos diversos tipos de aromas que exalavam dos blends de ervas, frutas e outros ingredientes, criteriosamente elaborados por Inés Berton.

Para quem gosta de chás como eu, conhecer esse lugar foi uma experiência inesquecível. Além dos vários tipos de chás, a loja disponibiliza todos os acessórios relacionados à bebida (xícaras, bules, in fusores) e vende pequenas amostras, ideais para presentear amigos e familiares.

 

A história de Inés Berton com os chás começou em Nova York, onde ela morou durante oito anos. E foi nesse período que ela estudou a fundo as folhas e suas misturas utilizadas na elaboração dessa bebida. Atualmente, é a única mulher entre 11 tea noses – especialistas em aromas de chás – título concedido pelo Conselho Britânico para aqueles que têm o olfato apurado para diferenciar ingredientes numa xícara de chá.

Não é fácil encontrar Inés em Buenos Aires, pois ela viaja bastante pelo mundo, principalmente ao Oriente (China, Japão, Sri Lanka e Índia), sempre à procura das melhores folhas para chás. As misturas de Inés são incríveis e únicas, e fazem muito sucesso dentro e fora da Argentina. Para você ter ideia do que representa essa moça no mundo do chá, até o Dalai Lama tem seu próprio chá feito por ela.

Também são ou já foram clientes de Inés Berton a Prada, a Tiffany, as grifes Bvlgari e Carolina Herrera, além de artistas como Shakira e Lenny Kravitz, e até o ex-rei da Espanha, Juan Carlos II.

O Brasil foi presenteado com um chá especial, o Royal Fruit, com notas de pétalas de girassol, flores de hibisco, manga, papaia e pêssego, tendo como base o chá preto. É um dos mais vendidos na loja, comprado, principalmente, por brasileiros. Mas o chá de grande prestígio de Inés Berton é o My Patagonia, sendo o mais premiado. Ele contém no blend frutas vermelhas, doce de leite e base de chá preto.

Nas lojas de Inés Berton, os chás são guardados em latas grandes e, quando abertas, exalam aromas deliciosos e inebriantes, como hibisco, compota, canela, pêssego, papaia, capim santo, manga e muitos outros. Impossível falar de todos.

Difícil mesmo é escolher o que levar para casa. Quando você finalmente estiver decidido, você pode levar o seu chá numa latinha muito bonita, disponibilizada em dois tamanhos. Há, ainda, uma caixa com três tubos, só que em quantidade menor, porém com apresentação ainda mais bonita.

Brenda Sandoval, uma das vendedoras da Tealosophy Palermo

Mesmo que você não seja um apreciador de chás, não deixe de visitar uma das lojas de Inés Berton na sua próxima viagem a Buenos Aires. Quem sabe a partir dessa experiência você não se interessa por essa bebida, feita pelas melhores folhas da Camellia Sinensis, a planta da qual se faz todos os chás e que envolve, tanto quanto o vinho, muita história, cultura e sabores diversos.

Tealosophy
Paul French Gallery
Gorriti, 4865 – Palermo
Fone: (5411) 4833 2209
Galeria Promena de Alvear (L.37)
Av. Alvear, 1883 – Recoleta
Fone: (5411) 4808 0483
Tealosophy Nordelta
Av. de Los Lagos, 7010
Fone: (5411) 4871 7120
Buenos Aires/Argentina

O encantador restaurante Nuestro Secreto

Localizado dentro de belíssimo Hotel Four Seasons Buenos Aires, no bairro da Recoleta, o Nuestro Secreto é um daqueles restaurantes que dá gosto de frequentar, seja pela beleza do lugar ou pela excelência de sua comida, dividida entre as famosas carnes argentinas ou os maravilhosos frutos do mar.

O Nuestro Secreto fica em um jardim muito bonito, entre o prédio principal do hotel e o La Mansión, lugar que, durante muito tempo, foi um espaço onde somente os hóspedes tinham acesso a ele, daí a origem do nome do restaurante.

 

O restaurante é feito quase todo de vidro transparente, incluindo o teto, lembrando uma casa. As carnes e peixes são preparados exclusivamente em fogo à lenha, em uma cozinha que fica ao fundo, mas à vista de todos. O serviço é à la carte, e a casa abre para almoço e jantar.

A tradicional parrilla argentina

Aos domingos, porém, o funcionamento é diferente no horário do almoço, mas surpreendentemente interessante. Por um preço fixo, o cliente é servido à vontade de espumante, vinho branco e vinho tinto da vinícola Rutini, enquanto saboreia as entradas, pães, os vários cortes de carnes, linguiças, embutidos e queijos, além das sobremesas para finalizar. Ah, o cafezinho também está incluído no “pacote”.

 

Como a concorrência é grande, torna-se indispensável fazer reserva. Vá sem pressa e aprecie toda a beleza que está ao seu redor e, principalmente, da qualidade da comida, e se sinta em um lugar realmente especial com serviço impecável, em um ambiente descontraído e cheio de gente bonita.

Nuestro Secreto
Cerrito, 1455, Recoleta
Buenos Aires/Argentina
Fone: (54 11) 4321-1552

La Mar Cevicheria, o restaurante do chef peruano Gaston Acurio

Muito bem instalado em um lindo casarão de esquina do ano de 1927, no bairro de Palermo Hollywood, o La Mar Cevicheria, do renomado chef peruano Gaston Acurio, é um dos principais endereços gastronômicos da atualidade em Buenos Aires.

Como não poderia deixar de ser, a casa vive lotada e faz muito sucesso desde que abriu as portas, em março de 2015, oferecendo aos portenhos e turistas o melhor da gastronomia peruana, além de modernos pratos de comida japonesa.

O restaurante tem dois ambientes, um grande e charmoso terraço externo com mesas ao ar livre, sob a proteção de árvores frondosas, que é aquecido a gás nos dias de muito frio. Para deixar o serviço de drinks mais ágil, foi instalado, nesse local, um bar central onde o barman prepara deliciosos coqueteis e pisco sour. Já o salão interno é menor mas muito bonito, com objetos de decoração semelhantes às demais casas de Acurio, para manter a identidade.

 

No cardápio, pratos como ceviche, tiraditose causas são as especialidades do La Mar, que ainda serve boas massas, peixes, frutos do mar e os famosos Camarões laqueados. Como Acurio não abre mão de trabalhar com produtos frescos, no salão interno existe até um balcão de peixes locais para o cliente escolher. Não deixe de provar o arroz de frutos do mar.

O La Mar Cevicheria fica em um lindo casarão do ano de 1927, em Palermo Hollywood

Quem comanda a casa, em Buenos Aires, é o chef peruano Anthony Vázques, que já trabalhou com Gaston Acurio no La Mar de Lima e São Francisco, e com outros chefs importantes. Ele prepara pratos maravilhosos, alguns levemente picantes. As deliciosas sobremesas também fazem muito sucesso por lá, como a mousse de chocolate.

Se você gosta de uma boa gastronomia, essas dicas são um bom motivo para você viajar mais uma vez a Buenos Aires. Eu já estou fazendo o meu próximo roteiro. Até lá!

La Mar Cevicheria
La Finur 3222, Palermo Hollywood
Buenos Aires / Argentina
Fone: (54 11) 4776-5543

Chila: uma experiência saborosa e inesquecível em Buenos Aires

Mesclando aspectos da culinária europeia e asiática aos ingredientes locais, em que seus sabores são acentuados, o Chila, inaugurado em 2006, é um dos principais restaurantes do agitado e concorrido cenário gastronômico de Buenos Aires.

Trabalhando exclusivamente com menu degustação de três passos ou de sete passos, que podem vir harmonizados com vinhos, a chef executiva da casa, Soledad Nardeli, mostra uma cozinha argentina contemporânea e extremamente saborosa, utilizando técnicas da “haute cuisine”, bastante valorizada pelo público de paladar mais exigente.

Mar argentino: ostras, vieiras, Purê de erva doce, aioli e tinta de lula

O Chila encontra-se muito bem instalado em Puerto Madero, uma das áreas mais bonitas da capital da Argentina, à beira do Rio de La Plata. O restaurante é grande, com um ambiente moderno e requintado, mas sem ostentação. O salão do fundo é o melhor local para se sentar, pois tem vista privilegiada para o rio e para o outro lado do bairro. É ideal para um jantar romântico.

Coquetel de lagostins, alcaparras, yogurte e pepino

O serviço é muito atencioso e prestativo, feito por garçons devidamente qualificados, no padrão que um restaurante desse nível precisa ter.

A Deguste esteve no Chila e provou do menu degustação de sete passos, que fez um equilibrado “passeio” pelos sabores do mar e da terra.

O ambiente do Chila é sofisticado e de muito bom gosto

O serviço começou com o Mar Argentino através de ostras, vieiras, purê de erva doce, aioli e tinta de lula. Um prato delicado e muito saboroso.

Depois foi servido um Cocktail de lagostinos com pepino, aipo, tomate, picles, alcaparras, yogurte e papel de clorofila. Muito bom!

Humita foi o nome do terceiro prato, servido com um inesquecível creme de abóbora com disco de queijo de cabra, milho e cabelo de milho frito. O cabelo de milho frito deu uma leve crocância ao prato. Sensacional!

Na sequência, foi servida a Merluza negra com espuma de mandioca, alcaparras e merengue de lima. O que chamou atenção, aqui, foi o ponto de cocção da merluza e o sabor da espuma de mandioca. Tudo muito delicado.

O quinto prato foi o Tamal, feito de carne bovina com milho, purê de feijão branco e aioli de pimentão vermelho. Um prato de sabor e de textura mais fortes, para manter a tradição das boas carnes argentinas.

Ainda nessa linha, um corte especial de Wagyu, carne que acumula mais gordura que qualquer outra raça, conferindo uma suculência inigualável, encerrou a sequência dos pratos, antes da sobremesa. Ele foi servido com chip de tapioca crocante, alho negro e purê de pimentão vermelho. O sabor e a maciez da carne fazem jus a sua fama.

Merluza negra com creme de mandioca

Depois de mais de uma hora de serviço, o menu degustação do Chila chega ao fim com a sobremesa Patay, uma deliciosa combinação entre tuille crocante de chocolate e cremoso de cacau, servido com gelado de cacau.

Creme de abóbora com disco de queijo de cabra e cabelo de milho

Para quem aprecia um jantar fora dos padrões convencionais, a experiência do Chila é muito rica e significante. A cozinha da chef Soledad Nardeli, que está na casa desde sua inauguração, aponta muito sabor e consistência, ancorada por produtos de excelente qualidade com respeito a sua sazonalidade.

Chila
Av. Alicia Moreau de Justo, 1160, Puerto Madero
Buenos Aires – Argentina
Fone: +54 11 4343-6067